Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

O que faz falta

Há atitudes e palavras que têm este efeito extraordinariamente mobilizador em mim. Como se fizessem erguer uma barricada de raiva e determinação cá dentro, fortalecida por tudo o que presenciei, vivi, sofri, chorei, li, vi, partilhei, amei e perdi.

Vêm-me à memória, como se estivessem a meu lado nesta luta, todos os conhecidos, amigos e camaradas, vivos ou mortos, que lutaram, cada um à sua maneira, contra o fascismo, a tortura, a censura e a favor da democracia e da liberdade.

Muitos caíram ao longo do caminho, outros abandonaram a luta e alguns poucos passaram-se para o inimigo. Mas todos eles estão presentes na minha memória.

Há atitudes e palavras que têm este efeito extraordinariamente mobilizador em mim, dizia. Fascismo nunca mais!

Esta é a minha resposta às MFL e os AJJ deste país e, já agora, ao Governo autista e pretensamente socialista de Sócrates:

 

 

 

(nas palavras e canções do saudoso Zeca Afonso, que tive a oportunidade de conhecer na prisão de Caxias quando fui visitar o meu pai em 1972, e de Sérgio Godinho).

Buraco tapado por Cosmopolita às 15:25
Link do post | Tapa também
6 comentários:
De Rita a 21 de Novembro de 2008 às 16:12
Acrescentando às tuas, às do Zeca (que conheci nas mesmas circunstâncias, mana) e às do Sérgio Godinho as palavras do Lopes Graça, que transmitem essa ideia tão bem, aqui fica a Jornada, uma das Heróicas, audível em http://www.imeem.com/pmqp/music/xhSxgoS9/lopes_graa_jornada/

Não fiques para trás ó companheiro
É de aço esta fúria que nos leva
Para não te perderes no nevoeiro
Segue os nossos corações na treva.

Refrão
Vozes ao alto, vozes ao alto
Unidos como os dedos da mão
Havemos de chegar ao fim da estrada
Ao sol desta canção.

Aqueles que se percam no caminho
Que importa? Chegarão no nosso brado
Porque nenhum de nós anda sozinho
E até mortos vão ao nosso lado.

Refrão

E só ponho esta, porque transcrever aqui todas as Heróicas ocuparia muito espaço...
Mas um browser faz milagres!
De LS a 21 de Novembro de 2008 às 17:44
Importa não esquecer...
É preciso lembrar e lutar contra os "filhos da mãe", que não fazem falta.
Às vezes, porém, resta o silêncio...
De Observador a 23 de Novembro de 2008 às 18:26
A liberdade passou por aqui...
De maria a 25 de Novembro de 2008 às 01:14
Junto-me a ti, a gritar que sim, faz falta acordar a malta.
E que caminharemos lado a lado, por muitas curvas que tenhamos que contornar...
De Dantins a 25 de Novembro de 2008 às 13:41
Vivemos numa sociedade adormecida, que vai dizendo que isto está mau, mas que não se mobiliza para uma mudança.
Quando não havia liberdade para protestar, muitos corajosos faziam-no apesar das consequências que podiam sofrer, hoje, em que o podemos fazer livremente, a maioria acomoda-se.
É gratificante descobrir quem ainda está desperto para a luta.
Quanto ao grande Zeca... O que pensaria desta sociedade se ainda estivesse vivo?
Grande privilégio tê-lo conhecido :)
De Duca a 25 de Novembro de 2008 às 18:02
Minha querida amiga,

É sempre importante lembrarmos figuras cuja luta pela liberdade nos merece admiração, respeito e mesmo saudade.
Adoro Zeca Afonso: o homem, a música e a poesia.
Não sei se o tempo das canções de intervenção já passou. De qualquer modo, julgo que a luta pela liberdade não pode quedar-se pelos pensamentos e palavras ditas e escutadas, mas sim, pelas acções individuais que devem partir de dentro de nós para se projectarem no colectivo. É isso que tem faltado aos portugueses e à maioria dos europeus.
A consciência de que, respeitando sempre o passado, nos cabe a todos construir o futuro, não só através de grandes manifestações e protestos, mas também através de acções individuais que começam na nossa casa, família e amigos.
Foi muito bom teres-nos feitro recordar.

Beijo

Comentar post

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Outras ruas

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita