Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2007

Que irritação!!! (ou O Lado Negro da Força)

 
  
Fico irritadíssima quando vejo a forma como são veiculadas as notícias (entrevistas, debates, etc.) em Portugal!
 
Que raio, o que está em discussão no referendo de dia 11 de Fevereiro é, em linguagem corrente, o seguinte: “Concorda ou não que as mulheres que fazem um aborto por opção, sem ser nas condições previstas pela lei vigente, não devem incorrer numa pena de prisão até 3 anos, nem devem ser punidas por lei de forma nenhuma?” Se concorda, vote SIM; se não concorda, é porque é pró-prisão! É fácil e claro!
 
Mas não, a padralhada lá está toda, como abutres ou predadores atraídos pelo cheiro a sangue, a clamar pelo direito à vida dos fetos, contra as assassinas das mães! É caso para dizer “Brada aos Céus”!!!
 
Eles que representam uma igreja que é contra o uso de QUALQUER contraceptivo, seja ele qual for, vêm impor às mulheres que param quer queiram quer não, sob pena de arderem nos fogos do inferno quando morrerem, enquanto acautelam, por via das dúvidas de nada existir para além da morte, que estas sejam julgadas e punidas em vida com a prisão e a infâmia! Ai se eles pudessem voltar aos tempos da Inquisição!!!
 
Eles que apregoam que o poder político não deve tomar partido, o que fazem eles senão isso? E se o Vaticano é um Estado, uma tomada de posição desta corja o que é senão uma tomada política de posição?
 
Como diria o meu avô materno “Quem fala assim das mulheres, não é filho de nenhuma, é filho de burra”!!! Irra!!!!
Buraco tapado por Cosmopolita às 12:37
Link do post | Tapa também

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Outras ruas

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita