Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Não falem comigo hoje

Depois de o neo-liberalismo selvagem ter provocado uma das mais terríveis crises financeiras e económicas globais de que há memória, ainda temos de viver numa Europa de direita?

Mas que merda, não?!

Buraco tapado por Citadina às 11:29
Link do post | Tapa também
8 comentários:
De Duca a 8 de Junho de 2009 às 12:16
Pois é, o povo democraticamente assim quer.
Mas a esquerda não perdeu!
Quem perdeu foi o PS que é um partido de tudo menos de esquerda. Aliás, há lá governo mais à direita que a deste PS de Sócrates?
De qualquer modo, actualmente viver na Europa é uma merda. Basta os EUA terem um pequeno ataque intestinal para a Europa tremer por tudo quanto é canto!

Beijo
De Citadina a 8 de Junho de 2009 às 12:50
Querida Duca,
A esquerda não terá perdido em Portugal mas eu falava da Europa.
Basta ver a constituição do novo parlamento europeu para ver que a direita venceu em toda a linha.
Ainda assim, há sítios piores para viver no mundo que na Europa, tenho de admitir, embora nos tempos que correm esta seja pouco atraente, pouco entusiasmante.
E quanto a ataques intestinais, os dos EUA têm cada vez menos importância, se compararmos com os da China, por exemplo. O que é talvez ainda mais preocupante...
De Duca a 8 de Junho de 2009 às 14:19
É muito preocupante mesmo! Já nos bastava tremer quando os EUA tinham dores de barriga, ainda levamos com as idas à casa de banho da China.
É de facto cada vez mais maravilhoso e estimulante viver numa Europa situada no meio de fogo cruzado carregado de testosterona e sede de poder.
De Gayja a 8 de Junho de 2009 às 13:41
É mesmo isso. Sem tirar nem pôr!
Mas que outra coisa se poderia esperar de massas ignorantes facilmente ludibriadas por um qualquer discurso envolto em bom marketing que lhes apele àquilo para que sempre foram educadas: zelar pelos seus próprios interesses pessoais (e de cada um por si) acima de tudo e todos descurando qualquer sentido de pertença a algo "comunitário"?
Avizinham-se tempos difíceis para a UE...

Entretanto, por cá, os betinhos da JSD, aprendizes orgulhosos dos meandros dos interesses e das influências, celebram entusiasticamente a vitória do FCP. Ah! Não. Enganei-me. Celebram os votos conseguidos pelo partido dos seus pais e padrinhos. (É que, pela forma tão pouco digna como o fizeram, mais pareciam adeptos de futebol a celebrar a vitória de uma taça.)

Resta-nos esperar por outra oportunidade de ir às urnas...
De Citadina a 15 de Junho de 2009 às 12:24
E aproveitá-la melhor.
Obrigada pelo comentário, Gayja. :)
De diz que disse a 8 de Junho de 2009 às 14:28

antes de mais, boa tarde!
sim, realmente é vergonhoso! ontem foi apenas a confirmação de uma europa de direita cada vez com mais força. Infelizmente, aqui no nosso portugal à beira mar plantado, algumas pessoas parece que só conhecem duas opções de voto..."ora, se não estou satisfeito com o ps...voto psd!" , ou seja uma alternativa à mesma coisa! parece que se esquecem da campanha que vergonhosamente fizeram que se construiu basicamente à base de insultos entre partidos!
De Citadina a 15 de Junho de 2009 às 12:32
Muito boa tarde também (de um outro dia, bem sei...),

Tocou num ponto que me parece essencial: o bipartidarismo tendencial do nosso sistema político, que, de facto, significa apenas "uma alternativa à mesma coisa", para reiterar as suas sábias palavras.
Quem me dera que mais gente tivesse a consciência disso!
Obrigada pelo seu comentário.
De diz que disse a 19 de Junho de 2009 às 12:21
Bom dia Citadina ( de um outro dia tb..lol)
Nao precisa de agradecer pelo comentário, costumo vir cá de vez em quando espreitar e com mto gosto, pois é um blog que abrange temas da sociedade fulcrais, abordando pontos essenciais a debater. que continue assim! e o que temos a fazer é esperar que mais gente neste país se preocupe em saber em que é que escolhe e qual a sua história!
Não que eu tenha mta esperança, pois,nem com mta crítica social á frente dos seus olhos, através do entretenimento , as pessoas chegam lá!lol
cumprimentos

Comentar post

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Outras ruas

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita