Terça-feira, 28 de Dezembro de 2010

Ensitel

Uma empresa espectacular (uau!!!!), amiga dos seus clientes (iupi!!!), atenciosa (bis!!), um exemplo a seguir (palminhas!).

Quem duvidar, tire aqui as suas ilações.

Buraco tapado por Citadina às 15:21
Link do post | Tapa também
9 comentários:
De Observador a 28 de Dezembro de 2010 às 17:39
Descupará, Citadina, mas tenho que dizer publicamente que a ENSITEL é uma merda.
(Querem ver que por eu dizer isto, os serviços jurídicos desta empresa (aquilo é uma empresa?) vêm à minha procura?!?!?!).
Não fiquei nada admirado com o que li no "link" indicado. Rigorosamente nada.
Pela enésima vez, clientes Ensitel se queixam dos serviços (mal) prestados.
Mas que diabo! Por que motivo continuam os cidadãos a comprar nessa coisa?



De Citadina a 29 de Dezembro de 2010 às 10:09
Não peça desculpa, Observador, eu concordo consigo
Ooops... Agora se calhar também vêm atrás de mim... Ui, que medinho... Já nem vou dormir hoje à noite.
De Observador a 28 de Dezembro de 2010 às 17:45
Citadina
Vou ocupar algum espaço mas penso ser interessante ler o que o DN publicou hoje sobre a situação em apreço.
Aqui fica.
.............................................................................

E se de repente uma empresa resolver ir para tribunal para impedir uma cliente descontente de queixar-se na Internet? Foi isso que aconteceu com Maria João Nogueira, que na semana passada foi surpreendida por uma nota de citação pessoal de 31 páginas da Ensitel.O objectivo? Fazer com que retirasse do seu blogue uma série de seis posts que tinha escrito sobre as dificuldades para trocar o telemóvel "defeituoso" comprado na Ensitel.

A saga começou em Março, passou pelo Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa em Maio e teve o último desenvolvimento ontem, quando Maria João Nogueira decidiu não só não retirar os posts como contar que tinha sido notificada para apagar o que tinha escrito.

A história espalhou-se na Internet como fogo num palheiro: do blogue para o Twitter e do Twitter para o Facebook. Incluindo dezenas de reclamações na página da própria empresa, que durante a parte da manhã ainda apagou algumas. A Ensitel recusou entretanto comentar o caso ou responder a qualquer pergunta do DN.

O jurista Luís Filipe Carvalho lembra que qualquer entidade que se sinta lesada no seu bom nome (neste caso comercial) pode recorrer ao tribunal, através de uma providência cautelar, para que as referências consideradas lesivas sejam retiradas da Internet. Cabe depois ao tribunal decidir se há ou não fundamento para isso.

O blogue em causa: http://jonasnuts.com/387191.html
De Citadina a 29 de Dezembro de 2010 às 10:21
Obrigada, Observador, é de facto, uma peça interessante.
Mas se os tribunais nem sequer conseguem defender os direitos, liberdades e garantias mais elementares como é o caso da liberdade de expressão, então... Mais vale, de facto, o país ir à falência técnica (que moral já foi) e tentar renascer das cinzas com alguma dignidade e seriedade.
De Observador a 29 de Dezembro de 2010 às 13:07
Citadina
Esta coisa da ENSITEL está mesmo a dar que falar.

Espreite este blogue: http://henricartoon.blogs.sapo.pt/

De Citadina a 29 de Dezembro de 2010 às 15:12
Muito boa, a proposta para novo logotipo da Ensitel. Eles merecem.
Obrigada pela referência.
De Ferónica a 30 de Dezembro de 2010 às 19:02
Acho que isto está mesmo adar pano para mangas. Até já é Caso para estudo em mkt: http://inovacaomarketing.com/2010/12/28/marketing-case-study-ensitel/
De Observador a 1 de Janeiro de 2011 às 12:02
A Ensitel anunciou que retirou a acção judicial que tinha contra uma cibernauta que se queixou da empresa no seu blogue, gerando posteriormente acesas discussões em redes sociais como o Twitter ou o Facebook.

«Nos últimos dias temos ouvido as vossas opiniões. Nunca foi nossa intenção limitar a liberdade de expressão da Maria João Nogueira, mas apenas assegurar a defesa da nossa marca. Mas vemos agora que a nossa atitude não foi a mais adequada e por isso vamos retirar de imediato a ação judicial», refere o comunicado divulgado na página Facebook da empresa.
De Klinik Jual Obat Aborsi a 26 de Outubro de 2016 às 00:27
Jual Obat Aborsi Asli Di Jamin Manjur dan Aman 100% TUNTAS

Anda Mempunyai Salah Satu Masalah Di Bawah Ini Bisa Langsung Klik Untuk Mengatasi/Mendapatkan Solusinya..
Bisa Lihat Barang Dulu Sebelum Order Dan Bisa Minta Bukti Barang Dengan Nama Anda..!!!

http://klinikjualobataborsi.com/

Comentar post

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Outras ruas

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita