Terça-feira, 18 de Setembro de 2007

Sócrates disputa 1º lugar com Bush...

... no campeonato das calinadas.
E está claramente em vantagem, uma vez que a comunicação entre os dois tem sido feita em inglês. É o que dá enviar os exames por fax. Alegadamente.
E é o que dá não se exprimir na sua própria língua, falada por mais de 250 milhões de pessoas em todo o mundo.
Neste vídeo, Sócrates agradece, no seu inglês macarrónico, ter tido a oportunidade de discutir com Bush a delicada questão do Médio Ocidente. "Middle West". A sério.


Via Zero de Conduta.

Buraco tapado por Citadina às 14:10
Link do post | Tapa também
5 comentários:
De Bluebird a 18 de Setembro de 2007 às 16:34
É sempre bom ver o mais alto nível de ignorância a ser espalhado pelo resto do mundo. Não admira que as pessoas achem os portugueses uns incultos, se eu fosse estrangeiro e visse esta aberração a falar inglês acho que era capaz de achar o mesmo.
A próxima disputa do Sócrates vai ser contra o José Mourinho para se determinar quem fala pior Inglês.
De Mário a 18 de Setembro de 2007 às 18:58
Perdoe-me discordar Bluebird. Por termos uma atitude de vassalos em relação aos outros países europeus, somos capazes de compreender os castelhanos, enquanto eles não nos percebem, no geral falamos e percebemos inglês, e ainda fazemos um esforço no francês e italiano. Se for a Espanha, grandes obras traduzidas em inglês são por vezes 5 vezes mais baratas que as traduzidas em castelhano, porque ninguém lhes pega, porque se lhes pegarem será para calço de alguma mesa coxa.
Agora, este caso em particular é outro. O senhor Sócrates teve ensinamentos dúbios, particularmente ao nível do inglês.

Mas, o outro é bem pior. Ora metam-no lá a falar português...
De duca a 19 de Setembro de 2007 às 15:31
Pois ...
De Inha a 19 de Setembro de 2007 às 21:50
Não entendeste nada..o nível do inglês do nosso primeiro está ao nível da compreensão do Bush!! Foi tudo bem preparado pelos acessores de comunicação do gabinete do Socrates! Irra, haja quem seja profissional!!
De Rita a 21 de Setembro de 2007 às 17:23
Não, pá! Ele só fez, e mal, inglês técnico! E não era na área das relações internacionais...
Giro, giro é que ele em inglês mantém o tom afectado a falar e a sopinha de massa!

Comentar post

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Outras ruas

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita