Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

À beira de uma 3ª Guerra Mundial?

Na entrevista que deu à ABC News Sarah Palin mostra quão mentirosa, manipuladora e perigosa é, utilizando sempre dois pesos e duas medidas, conforme lhe dá jeito. Não hesita sequer em pôr a hipótese de iniciar uma possível 3ª Guerra Mundial, admitindo declarar guerra à Rússia se a Geórgia voltar a ser invadida depois de entrar para a NATO! Segundo palavras suas "Temos que vigiar a Rússia. É inaceitável que a Rússia tenha invadido um país democrático mais pequeno, sem que tivesse havido qualquer provocação"...

No entanto, quando questionada sobre se pensava que os americanos tinham o direito de atravessar as fronteiras (através do Afeganistão para o Paquistão), com ou sem a aprovação do Governo do Paquistão, para perseguir terroristas que estejam na zona do Waziristan, respondeu "Acredito que a América tem de utilizar todas as opções de forma a impedir os terroristas que estejam infernalmente decididos a destruir a América e os seus aliados. Temos de ter todas as opções ali em cima da mesa."

 

Vale a pena lembrar que a decisão do presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili de atacar a capital da Ossétia do Sul, Tskhinvali, a 7 de Agosto deste ano, dia da abertura dos Jogos Olímpicos, depois da visita de Condoleeza Rice a Tbilissi, capital da Geórgia, na véspera do ataque, pode ter tido como objectivo duas coisas: reforçar a sua posição interna, debilitada pelo facto de, como presidente, não ter cumprido as suas promessas ao eleitorado georgiano (repressão, aquando do 2º mandato, de milhares de manifestantes que protestavam contra as fraudes eleitorais, corrupção, autoritarismo e desastre económico; mais de um terço da população viver abaixo da linha de pobreza; o desemprego oficial ser de 16% , quando na realidade é muito superior; a pensão mensal ser de cerca de 16 €; a actual legislação laboral permitir o despedimento dos trabalhadores sem justa causa, etc.) e forçar a adesão à NATO, proposta por Bush há meses atrás e recusada pelos parceiros europeus, contando para isso com o apoio dos EUA em caso de intervenção da Rússia. Se os aliados europeus tivessem concordado com a adesão da Géorgia à NATO, teriam então de ter declarado guerra à Rússia.

Segundo declarações na altura ao The Financial Times do vice-ministro da Defesa da Geórgia, Batu Kutelia, Tbilissi decidiu atacar Tskhinvali, não obstante o governo georgiano não dispôr de forças suficientes para enfrentar as consequências.
Também o embaixador norte-americano na Rússia, John Beierly declarou então ao diário russo Kommersant "Vemos que as tropas russas tiveram toda a razão ao responder ao ataque (do exército georgiano) contra as forças de manutenção da paz da Rússia na Ossétia do Sul".


A esta pergunta "Geórgia - A América pretende confrontar a Rússia?" feita neste post aqui, a resposta é dada por Sarah Palin: Sim, pretende. E pretende mais do que isso, pretende pôr a ferro e fogo toda a região do Médio Oriente e Ásia, incluindo o Irão, não se importando para isso, de envolver a Europa na guerra.

 

O que é irónico é que os EUA e a Europa critiquem o reconhecimento da independência da Ossétia do Sul e da Abecásia quando eles próprios reconheceram unilateralmente a independência do Kosovo, violando a Carta da ONU sobre a integridade territorial dos Estados e o princípio da inviolabilidade das suas fronteiras. E o que dizer sobre a benção dada pelos EUA e pela Europa à política externa de Israel relativamente à Palestina, Síria e Líbano? Para quando o retorno de Israel às suas fronteiras iniciais? Ou da invasão e destruição do Iraque pelos americanos à revelia das Nações Unidas? Disso ninguém fala, claro!

Buraco tapado por Cosmopolita às 15:42
Link do post | Tapa também
5 comentários:
De orquídea a 12 de Setembro de 2008 às 17:41
Sublinharia outra palavra: "infernalmente". Enquanto convicta de que é um instrumento de Deus, que derramará a Sua ira sobre os infieis e impuros, esta mulher arrepia-me.
De Cenourita a 12 de Setembro de 2008 às 23:06
Olá
Passa na Tasca da Cenourita, tens lá 2 prémios.

Beijocas***
De Andarilha Estelar a 15 de Setembro de 2008 às 11:40
É tão brutal esta performance que custa-me acreditar serem proferidas nestes tempos e mesmo desta forma! Mas está aí para quem quiser ver, ouvir e discernir! Ela diz a que veio!
Pergunto-me se não será uma estratégia para ocultar outras ações mais perniciosas, como dizemos no Brasil: "Jogaram "m...." no ventilador para que todos se ocupem em limpar, enquanto isto arrombaram o cofre e levaram tudo!"
Ela parece um dos arautos do apocalipse!
De Duca a 15 de Setembro de 2008 às 15:20
Mas já não estamos em guerra há bué?
Mesmo considerando que uma III guerra mundial tivesse de ter as mesmas características da I e da II, sinceramente acho que já estamos a viver a III guerra há imenso tempo. Só que, contráriamente às I e II guerras mundiais, não foi a Alemanha que a começou e, sim, os USA. Então estes não se fartam de invadir países de forma bélica? Onde lhes cheira a petróleo, seja onde for, lá estão os gajos a navegar em águas territoriais do país com navios de guerra como se fosse tudo deles, ou, pior ainda, a invadir com tropas os países. E o facto de acabarem sempre por levar traulitada não os sossega, raios os partam!

Cá por mim, a III guerra mundial já está instalada há muito tempo.
De DD a 23 de Setembro de 2008 às 22:45
A Palin esteve congelada no Alasca e como veio do frio não deu pelo facto de a guerra fria ter acabado.
Os EUA republicanos são um perigo para a Humanidade. Convenceram o idiota da Geórgia que o apoiavam e o homem atacou a Ossétia do Sul. Eu nem sabia que o Bush tinha lá 2 mil militares americanos instrutores e organizadores, o que é uma autêntica afronta à Federação Russa e agora com os mísseis na Polónia é outra provocação a partir da mentira que seriam os mísseis intercontinentais iranianos e a bomba atómica.
O Irão nem é capaz de produzir a gasolina de que necessita quanto mais vir a ser uma potência capaz de ameaçar os EUA com armas intercontinentais.

Comentar post

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Outras ruas

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita