Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

Gostar de mulheres

Parque da Bela Vista, Lisboa, 14-09-2008

Buraco tapado por Citadina às 16:45
Link do post | Tapa também
4 comentários:
De Cosmopolita a 15 de Setembro de 2008 às 17:56
Como comentei noutro post, estive pela 1ª vez num concerto destes. Tudo pelo amor de uma mulher: a Citadina, não a Madonna, claro!

Gostei imenso do concerto, a Madonna é uma mulher poderosa como cantora. Gostei do "Get stupid" e da mensagem que passava, como gostei muito de outras músicas também.

Pena o palco ser tão baixo, era quase impossível vê-la, a não ser nos ecrans, apesar de estarmos quase à frente. Pena também as pessoas terem levado os seus carros, pois levou-nos mais de 1h e 30m a chegar a casa, tal era o engarrafamento que impedia os autocarros e táxis de circular. No metro nem valia a pena pensar, era um mar de gente. Mas foi bom. Gostei, embora não prometa repetir, pelo menos no Parque da Bela Vista!
De Citadina a 17 de Setembro de 2008 às 12:56
Exacto: Bela Vista jamé (aliás, este nome só pode ser a gozar com as vistas horripilantes das redondezas).
O título "gostar de mulheres" tem tudo a ver com isso: só gostando muito daquela mulher é que uma pessoa se submete de livre vontade a fazer parte de tal plateia!
Ai, ai, eu sabia que me devia ter prostituido para conseguir ir ao Atlântico, há quatro anos...
De Cosmopolita a 19 de Setembro de 2008 às 12:57
Prostituído???? Que horror!!! Nem a brincar!!!
De Observador a 15 de Setembro de 2008 às 18:35
Não gosto de Madonna. Nunca gostei.
Gostos...

O facto do palco ser tão baixo tem uma explicação.
A cantora pediu para ser assim. Para se sentir mais perto do público e para que este a sentisse mais perto dele.

O trânsito? O costume.
O portuguesito quer ir de porta a porta e não há nada a fazer.

Comentar post

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Outras ruas

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita