Terça-feira, 26 de Maio de 2009

Notas de viagem (VIII) - Pôr-do-sol africano

 

 

 

Buraco tapado por Citadina às 12:31
Link do post | Tapa também

Notas de Viagem (VII) - Outros grandes do Kruger

Rinocerontes brancos

 

Búfalos

 

Kudus

 

Gnus

 

Piton africana

 

Leão africano

 

Hipopótamos

 

Elefante africano

Buraco tapado por Citadina às 09:58
Link do post | Tapa também
Segunda-feira, 25 de Maio de 2009

Notas de viagem (VI) - Impalas

A impala é o antílope mais comum no Kruger Park. Os grupos familiares têm normalmente vinte a trinta animais. A época de acasalamento é no Outono austral, ou seja, em Maio. Os jovens machos abandonam os seus grupos para definirem territórios próprios onde acasalarão com várias fêmeas. As crias nascem todas na mesma altura, dado que a época de acasalamento é só uma, o que providencia melhor defesa contra predadores. Os grupos alimentam-se por turnos, havendo sempre impalas de cabeça levantada perscrutando todas as direcções, alerta para possíveis perigos, enquanto outras estão de cabeça baixa alimentando-se de ervas junto ao chão.

 

 


 

 

Buraco tapado por Citadina às 11:31
Link do post | Tapa também
Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

Notas de viagem (V) - Zebras

Dizem que as suas listras são como as nossas impressões digitais: únicas.

Têm sempre um aspecto bem alimentado porque acumulam uma grande quantidade de gases que lhes avolumam o estômago.

 

 

 

 

 

 

Buraco tapado por Citadina às 10:08
Link do post | Tapa também
Quinta-feira, 21 de Maio de 2009

Notas de viagem (IV) - Chitas

 

 

 

Buraco tapado por Citadina às 11:20
Link do post | Tapa também
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

Crise - @ próxim@ podes ser tu

Fotografia vencedora do World Press Photo 2008

Autor: Anthony Suau

Na fotografia a preto e branco, tirada em Março de 2008 e publicada na revista “Time”, um polícia armado assegura-se de que uma casa num bairro de Cleveland, estado do Ohio, EUA, está vazia, depois de os proprietários terem sido obrigados a abandonar a casa por não poderem pagar o empréstimo ao banco.

Buraco tapado por Citadina às 12:22
Link do post | Tapa também | Ver comentários (4)
Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

Nova Iorque - uma cidade do mundo, até a votar

 

(imagem roubada aqui)

 

O BostonTeaParty captou a imagem esta manhã em Manhattan, à porta de uma assembleia de voto.

E neste caso, uma imagem vale mesmo mais que mil palavras.

 

Buraco tapado por Citadina às 18:33
Link do post | Tapa também
Quinta-feira, 4 de Setembro de 2008

Pelas ruas do mundo #3

"Pelas ruas do mundo" é uma série que comecei no ínicio do blog com o objectivo de publicar fotos curiosas captadas em viagem.

Nunca mais lhe dei continuidade, mas hoje é um dia tão bom como outro qualquer para o fazer.

 

Há um artista informal nas Terras do Grande Lago que faz cata-ventos / rosas-dos-ventos à base de sucata, brinquedos em desuso e outras velharias. Este é o resultado (clique na imagem para aumentar):

 


Autoria da foto: Cosmopolita

Póvoa de S. Miguel, Moura, Agosto 2008

Buraco tapado por Citadina às 15:35
Link do post | Tapa também | Ver comentários (3)
Terça-feira, 19 de Agosto de 2008

Dia Mundial da Fotografia

Eu contribuo com esta, da minha autoria, em honra da plataforma Sapo (clique na imagem para aumentar):


Buraco tapado por Citadina às 12:12
Link do post | Tapa também | Ver comentários (3)
Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

A imagem da semana, se calhar do ano

Buraco tapado por Citadina às 12:17
Link do post | Tapa também | Ver comentários (3)
Terça-feira, 1 de Julho de 2008

À caça do mosquito (a)traído pela luz

(Foto minha)

Buraco tapado por Citadina às 12:54
Link do post | Tapa também | Ver comentários (4)
Sexta-feira, 24 de Agosto de 2007

Hoje às 6:30h da manhã...

... quando já estava exausta da minha própria insónia, quando já não conseguia ler nem mais um parágrafo, apreciar nem mais uma fotografia do World Press Photo Book de 1999, na trigésima segunda volta da sala para o quarto, passei pelas janelas da cozinha e vi que a madrugada se diluía numa luz perfeita para umas boas fotografias. Mas se já estava demasiado cansada para me por a pensar onde tinha a máquina, o que dizer sobre o esforço intransponível de raciocinar sobre a velocidade de obturação e a abertura do diafragma...

Quando me levantei às 8:45h, doeu-me mais do que é costume abrir os olhos por também verificar que a suavidade da luz e o enquadramento poético se tinham perdido na agressividade habitual do urbanismo selvagem. O lago dos patos já não parecia um espelho, e as obras lá do fundo, as que me limitam o horizonte, já estavam cobertas da mesma fealdade poeirenta de sempre. Nem as silhuetas das gruas se safavam, por terem perdido esse perfil sombrio e essa posição de descanso geométrico, e recuperado a cor de metal transitório e um desagradável movimento dessincronizado.

A vida também é feita de oportunidades perdidas. No meu caso, aquelas a que o sono ganha.
Buraco tapado por Citadina às 15:10
Link do post | Tapa também | Ver comentários (3)

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Outras ruas

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Contadores

Quem nos cita