Terça-feira, 13 de Março de 2007

A Irmandade da Rosa Negra (continuação)

(cont.) Depois do lauto jantar no Albertino, rebolaram nas suas montadas pela encosta abaixo, sempre de olho no precipício, não fosse aquele engoli-las, e à quinquagésima oitava contracurva as seis e a cadela estavam finalmente de volta ao vale e repousaram mais uma vez à beira do rio.

    Rio Zêzere

   Poço do Inferno

   Covão da Ametade e Cântaro Magro

   Vale glaciar

   Lagoa Comprida

   Cova da Beira vista da Varanda dos Carqueijais.

Ao outro dia, no termo de uma noite redentora, ergueram-se bem mais tarde que o sol, mas com a mesma energia, para iniciar um caminho enviesado de regresso.
Passou-se primeiro pela branca vila de Manteigas, para alimentar o corpo e alguns o espírito.
Seguiu-se vagarosamente vale acima pela estrada torta, à vista de pascigos verdejantes cerrados por muros de pedra.
Ao cimo, virou-se à esquerda, para apanhar os ares das Penhas da Saúde com a Lagoa do Viriato a seus pés.
Continuou-se a descer na direcção da Covilhã, pasmando-se com a vista e o declive acentuado que as pernas dos ciclistas conquistam todos os verões, na etapa de montanha da Volta.
Na descida, entre a Pedra do Urso e o edifício fantasma do sanatório dos ferroviários, avistariam o desvio para o lugar que lhes deu o nome: Rosa Negra.
Um pouco mais abaixo, paragem na Varanda dos Carqueijais. Aí se deslumbraram de novo, e desta feita com demora, pela extensa Cova da Beira, a Covilhã no extremo norte e o Fundão lá ao sul, e para os lados do nascente, as silhuetas de Monsanto no cimo do promontório, de Belmonte e das Espanhas.
Porque o apetite chamou, ultrapassaram lestas a Covilhã, e retemperaram forças no restaurante Mário do Fundão, que lhes serviu as últimas especialidades locais, entre elas o arroz de carqueja, a truta recheada com presunto e o requeijão com doce de cereja da Cova da Beira.
E foi assim que regressaram às suas vidas, estrada fora pelo entardecer, com a alma cheia de gozo e o corpo de iguarias.
Tags:
Buraco tapado por Citadina às 21:34
Link do post | Tapa também
7 comentários:
De Duca a 14 de Março de 2007 às 10:26
Para além da beleza das palavras esta narrativa dividida em duas partes é, sem dúvida, um perfeito itinerário para quem queira passar um fim de semana serrano.
Minha querida, não duvides que sempre que puder viajarei contigo, pois cicerones como tu existem poucos.
Mais uma vez parabéns!

Um beijinho :)
De Duca a 14 de Março de 2007 às 10:28
Esqueci-me de fazer referência às fotos que, como é habitual, estão lindíssimas. :)

De Citadina a 14 de Março de 2007 às 11:04
Obrigada, Duca! Também para mim é sempre um prazer viajar contigo.
Beijos!
De Ela a 14 de Março de 2007 às 15:02
"E foi assim que regressaram às suas vidas, estrada fora pelo entardecer, com a alma cheia de gozo e o corpo de iguarias."
_________________

Linda a simbiose da imagem ao verbo.

"A alma cheia de gozo e o corpo de iguarias",eu (sub)verto a proposição:" A alma cheia de iguarias..e o corpo cheio de gozo":)
_____________________________

Beijo grande para ti.




_____________________________________
De Citadina a 14 de Março de 2007 às 15:36
Muito obrigada Ela! Subversores(as) são sempre bem-vindos a este blog!
Já tinha ouvido falar de ti e do teu... talento literário. Que aliás se comprova facilmente através do teu blog e dos comentários com que condescendes brindar alguns(mas) afortunados(as).

Pois que o gozo te encha... o que melhor te aprouver!

Beijo para ti também, aqui da mouraria.
De wonder a 17 de Março de 2007 às 00:38
belissima descrição de uma viagem, presumo que condizente.
No carnaval tb queria ter ido á Serra em estilo va-para-fora-ca-dentro-de qualquer-maneira, mas fiquei va-para-a-cama-com-gripe-que-te-lixas!
Bjocas
De Citadina a 19 de Março de 2007 às 11:24
Acontece, Wonder...
Obrigada pela visita ;)

Comentar post

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita