Quinta-feira, 12 de Abril de 2007

Why do I keep doing this to myself?

A única informação que estou em condições de assimilar neste momento é que infelizmente não posso tomar mais nenhum Guronsan hoje, além dos três anteriores, que por sinal ainda não me fizeram nada de assinalavelmente positivo (a diarreia já a tinha).
E porquê? Porque eu tenho esta estúpida mania de, mais amiúde do que seria compreensível, me comportar como se tivesse 17 anos, não trabalhasse, estudasse mas ainda não na faculdade, não tivesse portanto compromissos nem responsabilidades de maior e tivesse uma resistência física à prova de bala.
Mas não, a vida já não é assim e estas noitadas de exageros vários (os alcoólicos então...) a meio da semana fazem-me pagar caríssimo o meu desvario adolescente, e no dia seguinte tenho mesmo que me levantar e arrastar-me penosamente para o escritório, independentemente de ter passado metade da noite estreitamente abraçada à retrete* e de ter acordado ainda vestida da cintura para cima com a mesma roupa de ontem.

*Expressão da autoria da minha querida Cosmopolita (amor vem tratar de mim, please!)

Tags:
Buraco tapado por Citadina às 14:09
Link do post | Tapa também
10 comentários:
De Duca a 12 de Abril de 2007 às 16:55
Andas na farra e depois gritas pela outra que está lá por terras do nunca a trabalhar e morta de saudades tuas! Ai, Ai, esta juventude que não tem juízo! ;)
è oq ue dá quando sais sem mim. Eu sempre vou armando em "mana mais velha".

Beijos e rápida recuperação
De Duca a 12 de Abril de 2007 às 16:58
Desculpa lá os erros de digitação, mas estou sem óculos. rsrsrs
De Citadina a 12 de Abril de 2007 às 17:35
Pois é "mana", tens razão!! E já dizia o outro: quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga!!
E o meu está a pagar tanto! :-( Ainda não consegui deixar de sentir o estômago na parte de trás da cabeça, nem descerrar os maxilares... Ai...
De Cosmopolita a 13 de Abril de 2007 às 10:31
Meu amor, tu não tens mesmo juízo nenhum!

Sai, diverte-te, encanta, mas não dês cabo de ti. Ainda por cima sem me teres aí para tratar de ti...

Beijos
De viz a 13 de Abril de 2007 às 12:48
Bem, estou a ver que vamos a 1000/hora!!! Que hang over Cit.

As melhoras
(para a próxima avisa
De Citadina a 13 de Abril de 2007 às 14:21
Obrigada Viz. Hoje já estou bem. Mas lembra-me de não tocar em espumante - por muito bruto e muito super-reserva que seja - durante a próxima década, por favor, ok? Bjs!
De Du a 13 de Abril de 2007 às 21:46
Dear
Não resisto a dois comentários malvados:
1) Hoje é sexta 13... pode ficar pior.
2) O Brut pode ter sido uma desgraça para ti, mas o que me fez rir esse teu post hehe...
Sim claro, há-de haver sempre um diabo qualquer a rir da desgraça alheia ;)
Kisses e as melhoras
De Citadina a 14 de Abril de 2007 às 18:55
Du, que bela surpresa a tua visita!
Ainda bem que isto fez rir alguém. Há mesmo sempre um lado positivo em todas as coisas, não é?
Beijinhos, don't be a stranger!
De tangas a 14 de Abril de 2007 às 11:47
então de ressetia? isso quer dizer que o estado anterior foi eufórico e prazeiroso?
De Citadina a 14 de Abril de 2007 às 19:10
Olá Tangas! Seja bem aparecida! É, parece que depois de euforias destas vem mesmo uma espécie de castigo bíblico em forma de dor de cabeça alucinante e desregra fisiológica generalizada. Mas já passou, obrigada!

Comentar post

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita