Segunda-feira, 2 de Junho de 2008

Eu hoje acordei assim*: revivalista

Decidi, a partir de hoje, postar algumas canções que marcaram a minha vida. As interpretações nem sempre correspondem aos cantores originais, mas sim àquelas que mais gostei de ouvir.

Começo por uma das minhas cantoras francesas favoritas, Barbara.

"Ma plus belle histoire d'amour":

 

(nada de gamar, os direitos de autor da primeira parte do título do post são da Bomba).

Buraco tapado por Cosmopolita às 14:45
Link do post | Tapa também
6 comentários:
De Kigila a 2 de Junho de 2008 às 17:02
http://www.youtube.com/watch?v=z7jM-9Gmfps
Para ensaiar... eh eh eh...
Vou lembrar-te algumas, se autorizares que te entre pela memória Adentro...
De Cosmopolita a 2 de Junho de 2008 às 17:40
Adorei! A canção e a dança, claro.

Claro que autorizo, a antiguidade é um posto...

Aliás, quem queira contribuir para este roteiro da memória é muito bem vindo.

Beijos
De Kigila a 2 de Junho de 2008 às 17:09
Já agora que assim estás, acende a poesia...


O duplo

Debaixo de minha mesa
tem sempre um cão faminto
-que me alimenta a tristeza.

Debaixo de minha cama
tem sempre um fantasma vivo
-que perturba quem me ama.

Debaixo de minha pele
alguém me olha esquisito
-pensando que eu sou ele.

Debaixo de minha escrita
há sangue em lugar de tinta
-e alguém calado que grita.

Affonso Romano de Sant’Anna
De Cosmopolita a 3 de Junho de 2008 às 10:33
"Last night upon the stair
I met a man who wasn't there
He wasn't there again today
I wish that man would go away"

Roubado descaradamente do blog do Miguel.
De Lou a 2 de Junho de 2008 às 21:51
Excelente ideia, Cosmopolita, dares voz às canções da tua meninice, partilhando-as aqui.
Sabes?! Adoro a forma como a Barbara enrrrrroooola as palavras e as encadeia umas nas outras.
De Cosmopolita a 3 de Junho de 2008 às 10:25
Também eu Lou. Aliás, adoro a Barbara, acho-a lindíssima, canta maravilhosamente e as letras das canções dela são espetaculares.

Obrigada pelo site que mandaste e por qualquer contribuição que queiras fazer para esta viagem pela memória.

Beijos

Comentar post

Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
25
26
27

Posts por autora

Pesquisa no blog

Subscrever feeds

Arquivo

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Tags

a vida dos outros(31)

açores e madeira(7)

ambiente e oceanos(21)

aniversários(19)

artes(6)

autarquias(12)

auto-recriações(24)

autores(7)

bem-estar(11)

blogs(73)

capitalismo(8)

catástrofes(4)

charlatonices(2)

cidadania(14)

ciências(3)

cinema(18)

citações(38)

clima(7)

condomínio(2)

curiosidades(26)

democracia(32)

desemprego(13)

desporto(22)

dilectos comentadores(5)

direitos humanos(11)

direitos liberdades e garantias(39)

e-mail e internet(6)

economia(27)

educação(8)

eleições(14)

emigração(5)

empresas(3)

estados de espírito(60)

europa(2)

eventos(33)

excertos da memória(24)

fascismo(9)

férias(25)

festividades(29)

fotografia(12)

gatos(10)

gestão do blog(15)

gourmet(3)

grandes tentações(11)

hipocrisia(3)

homens(6)

homofobia(17)

humanidade(8)

humor(24)

igualdade(20)

impostos(5)

infância(7)

insónia(6)

int(r)agável(25)

intimismos(38)

ivg(17)

justiça(17)

legislação(17)

lgbt(71)

liberdade de expressão(13)

língua portuguesa(7)

lisboa(27)

livros e literatura(21)

machismo(3)

mau gosto(8)

media(3)

mulheres(17)

música(35)

noite(5)

notícias(22)

óbitos(5)

países estrangeiros(19)

personalidades(9)

pesadelos(5)

petróleo(4)

poesia(9)

política(86)

política internacional(30)

por qué no te callas?(9)

portugal(31)

publicações(6)

publicidade(9)

quizes(8)

redes sociais virtuais(9)

reflexões(58)

religião(19)

saúde(6)

ser-se humano(15)

sexualidade(9)

sinais dos tempos(8)

sociedade(45)

sonhos(6)

televisão(23)

terrorismo(4)

trabalho(20)

transportes(7)

viagens(19)

vícios(13)

vida conjugal(17)

violência(4)

todas as tags

Quem nos cita